Carregando...

Como desenvolver Inteligência Emocional nas crianças

  • Home
  • Como desenvolver Inteligência Emocional nas crianças
Shape Image One
Como desenvolver Inteligência Emocional nas crianças

A preocupação com o bem-estar de suas crianças é algo que todo pai e mãe sente. No entanto, diante desses tempos de isolamento social estamos todos exaustos, e as crianças, como já falei em outras ocasiões, são as mais impactadas devido à dificuldade de aceitar ou compreenderem plenamente a situação. E mesmo que elas não demonstrem esse estresse com palavras, os pais devem observar o comportamento e a saúde dos filhos.

As crianças mostram suas emoções através do comportamento ou da saúde. Choros sem causas importantes, birras, gripes constantes, alergias ou outros sintomas físicos recorrentes, podem ser o que se chama psicossomática, ou em forma de sintomas emocionais que podem refletir no corpo. Assim, os pais devem ficar atentos para o espaço de aprendizagem emocional em casa, ensinando seus filhos a identificarem, compreenderem e regularem suas emoções. Essa é a base da inteligência emocional.

       Algumas ideias, já também comentadas em outros artigos, para serem usadas na família para esse processo, se referem ao diálogo lúdico, na forma de pequenos jogos, leituras das histórias clássicas infantis, que falam das emoções de forma indireta, como por exemplo, Chapeuzinho Vermelho fala do medo, Rapunzel fala da raiva, Branca de Neve mostra a inveja, a alegria e o amor.

      Faça perguntas sobre o que seu filho ou filha sente para assim, construir um espaço seguro para eles falarem sem medo, expressando o que pensam, sentem e vivem em seu dia a dia, sejam as suas conquistas ou desafios. Dessa maneira, a criança é incentivada desde cedo a mostrar suas emoções positivas ou negativas.

     Isso é importante, porque a nossa cultura ainda não aprendeu a mostrar as emoções com naturalidade e tem horror aos chamados sentimentos negativos, do tipo tristeza, medo, raiva ou a frustração e a decepção. Mas se a criança compreender desde cedo que as emoções são naturais e fazem parte da nossa vida, não se tornará uma refém emocional diante do ímpeto de suprimir suas emoções, tornando-a na vida adulta, uma pessoa com dificuldades relacionais.

     É desse modo que os familiares poderão, por meio de palavras e ações, educarem seus filhos ajudando-os a construírem uma inteligência emocional sólida e tornando o lar mais acolhedor e seguro para todos. Assim, ao ajudar seus filhos a falarem e expressarem o que sentem, eles ficarão mais tranquilos e saudáveis. 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright ©2020 Todos os direitos reservados by Ludis Editora – CNPJ: 04.059.270/0001-29 

Open chat