fbpx

Carregando...

Autor: Isa Magalhães

  • Home
  • Autor: Isa Magalhães
Shape Image One

EMPATIA – Trabalhando os afetos positivos com as crianças

Muito se fala no poder da Empatia, mas o que é mesmo essa habilidade emocional? Como educar nossas crianças para serem empáticas? Muitas perguntas e respostas variadas. Então, vamos por partes. Primeiro, vamos entender a origem e significado da palavra Empatia, que vem do grego “em+phatos” – entrar nos sentimentos dos outros. Assim, ser empático significa compreender o outro, suas emoções, pensamentos e

Ensino centrado no aluno e nas Competências Socioemocionais

Com a transformação mundial cada vez mais acelerada é um dever dos educadores aprenderem novas competências, não apenas para o aperfeiçoamento pessoal, mas também, para o desenvolvimento de metodologias antenadas com a nova realidade educacional. Podemos usar como exemplo, a aprendizagem centrada na pessoa, que é a base das teorias Rongerianas (Carl Rogers). Uma teoria,

Mudança comportamental, interagindo o Pensar, o Sentir o Agir e o Interagir

Nós somos seres que vivemos em diferentes dimensões, e isso requer diferentes funções para interagirmos com essas realidades diversas, como a física (corpo/matéria), emocional (sentimentos), mental (pensamentos), social (relações) e espiritual (intuição/fé). Essas muitas dimensões tornam nossa vida bastante complexa se não soubermos interagir com elas. Segundo Carl Jung, temos quatro funções psíquicas de interação

Competências Socioemocionais – A emoção na educação

O conceito de competência socioemocional (Ortiz, 2010) surgiu na literatura mundial com diferentes significa­dos e em tempos diversos. No entanto, a denominação de competência socioemocional começou primeiramente como competência social, na década de 80 do século passado, se confundindo com o conceito de competência emocional ou inteligência social, em algumas literaturas. Mais tarde, já na

Educação Transcomportamental – Formando o ser integral

Muitos pesquisadores sociais acreditam que raiz da maioria dos problemas atuais está na crença de que somos seres individuais e separados de tudo a nossa volta. Essa crença origina doenças psicoemocionais como o egoísmo, medo, desconfiança, ódio. Desequilíbrios emocionais que nos levam a conflitos, violência e a competitividade desenfreada e desleal, onde as pessoas se

Qual a diferença entre Educação Emocional e Inteligência Emocional

Muitas pessoas confundem Educação Emocional com Inteligência Emocional – IE. As duas estão interligadas, mas a primeira é o meio e a segundo é o fim. Por exemplo, não é possível obtermos uma educação emocional eficaz enquanto não tivermos consciência do nosso temperamento, a base do modelo emocional e consequentemente, apoia as competências da Inteligência

Pedagogia Sistêmica, quando o amor é a regra

O amor, como disse Humberto Maturana (1997), filósofo e biólogo chileno, é o único sentimento revolucionário capaz de manter acesa a chama da vontade de mudarmos o mundo, e construirmos melhores situações sociais, onde a violência de todas as ordens, físicas, psíquicas e sociais sejam, se não abolidas, no mínimo melhoradas. Essa é a proposta

Descobrindo a felicidade! Propósito de vida e educação emocional

Todos nós, seres humanos, buscamos a felicidade. Mas a grande questão é saber o que realmente significa ser feliz. Somos tão diferentes uns dos outros e tão iguais! As diferenças estão nos valores e crenças que nos faz olhar e entender a vida por ângulos diferentes. Mas a igualdade nos irmana, afinal, temos um corpo

Aprender a ser feliz através da Educação Emocional

Como aprender a ser feliz? Muitas pessoas acreditam que se estiverem alegres, estarão felizes! Será verdade? Não. Primeiro de tudo, a alegria é apenas uma emoção, como tal, passageira. Já a felicidade poderá se tornar um estado de espírito, se assim, você conseguir descobrir seu jeito de ser, algo muito individual. Para isso, o caminho

Como viver a raiva de forma positiva

“Gestão da raiva é o processo de aprender a reconhecer os sinais de que você está ficando com raiva, e tomar medidas para se acalmar e lidar com a situação de uma forma positiva. O controle da raiva não tenta impedi-lo de sentir raiva nem te encoraja a segurá-la. A raiva é uma emoção normal

Copyright ©2020 Todos os direitos reservados by Ludis Editora – CNPJ: 04.059.270/0001-29 

Open chat