fbpx

Carregando...

Pensamentos Negativos – Os Vírus da Mente

  • Home
  • Pensamentos Negativos – Os Vírus da Mente
Shape Image One
Pensamentos Negativos – Os Vírus da Mente

     “Gente, o lançamento do meu livro me estressou muito! Foi um sucesso, mas tive tanto medo do fracasso que quase enlouqueci!”. Disse a professora quase aos berros, entrando na reunião ansiosa e justificando seu atraso. Ela havia lançado um livro recentemente e estava muito gripada. Será que esses sintomas eram a expressão de suas emoções?

      Com certeza, a gripe e muitos outros sintomas, sejam físicos ou emocionais, representam nossos sentimentos se comunicando quando estamos estressados. Angústia, irritação, mau humor mostram uma mente cheia de pensamentos negativos. E ao pensarmos “coisas ruins” nosso corpo reage! O problema é que é humano pensar negativamente, e a questão é não nos afogarmos nesses pensamentos. 

      Costumo dizer que os pensamentos negativos são “vírus” mentais que adoecem nosso corpo e alma, “infectando” primeiro a mente e depois, por meio do sistema nervoso, o organismo como um todo. Em termos biológicos, os cientistas afirmam que um vírus nada mais é que um pequeno pedaço de material genético (o código genético é o “programa” do corpo), não é algo realmente vivo, é uma espécie de parte incompleta do “programa”. Porquanto, o propósito de um vírus é simplesmente continuar a se reproduzir, multiplicando-se, infectado o corpo. Assim, não podemos matá-lo com remédios e sim, através do fortalecimento do nosso organismo.

      E o que é um vírus mental? Semelhante a um vírus biológico, ele se encontra no ambiente mental. O “pensamento-vírus” da raiva, o medo, a tristeza, ciúmes, inveja, são vírus que começam a nos contaminar através do estresse, com sintomas nos deixando pessimistas, preocupados e estressados. E como uma bola de neve, desce ladeira abaixo contaminando nosso corpo, a vida interna e a externa, se reproduzindo de forma intensa.

         Um pensamento-vírus é uma crença emocional que pode desorganizar nossa vida. E também, não podemos matar um pensamento-vírus, podemos sim, neutralizá-lo através do seu reconhecimento e mudança das crenças limitantes. Novas crenças e pensamentos positivos emanam emoções positivas, que jorram hormônios do bem-estar em nosso corpo e assim, voltamos a ter saúde.

        O problema é que o vírus do pensamento negativo, não é levado à sério em nossa cultura, embora se multiplique com muita força, nos fazendo até perder o controle! Foi o que aconteceu com a professora que citei. Ela ficou seriamente doente, porque se estressou e seu corpo comprou a ideia das emoções negativas! A gripe era apenas uma forma dela eliminar a energia nervosa.

      Para ajudá-la, perguntei sobre o tipo de crença que estava alimentando seus pensamentos emocionais, explicando a teoria do pensamento-vírus. Ela me disse que tinha uma personalidade obsessiva e medo de fracassar. Assim, falei que para a sua cura, precisaria mudar o seu sistema de crenças. Isso quer dizer que, as crenças influenciam nossos pensamentos e nossas emoções. Quando acreditamos numa crença, ela se torna a nossa realidade! É preciso autoconhecimento para mudar as crenças sabotadoras e muita força de vontade para fazermos a gestão de nossas emoções.

      Como fazer isso? Educando as nossas emoções. Já pensou se conseguíssemos educar as emoções das nossas crianças ainda pequenas? Com certeza esse processo seria uma grande prevenção a diversas doenças psicoemocionais na adolescência e vida adulta. Fica a dica!

Na Ludis, no nosso programa de educação socioemocional, trabalhamos sempre o ensino da educação emocional no primeiro semestre e, posteriormente, as competências socioemocionais no segundo semestre. Para maiores detalhes, acesse nosso site e entre em contato conosco.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Copyright ©2020 Todos os direitos reservados by Ludis Editora – CNPJ: 04.059.270/0001-29 

Open chat