fbpx

Carregando...

Volta às aulas e as emoções dos professores diante da pandemia

  • Home
  • Volta às aulas e as emoções dos professores diante da pandemia
Shape Image One
Volta às aulas e as emoções dos professores diante da pandemia

       A vida nos oferece muitos momentos que simplesmente não temos como controlar, a exemplo dessa pandemia. O problema é que nós, seres humanos, temos muito medo do desconhecido e por isso mesmo, estamos todos muito ansiosos com essa nova realidade.

      Pelo menos 1,5 bilhão de crianças e jovens foram afastados das escolas em mais de 190 países, desde o início dessa pandemia. Nesse início de ano no Brasil, governadores, prefeitos e organizações ligadas à Educação e à saúde pública, estão discutindo a volta às aulas. 

       No entanto, existem mais perguntas do que certezas. Como lidar com perspectiva da retomada das aulas presenciais? Quando e como reabrir as escolas? Como garantir a saúde de professores e alunos? Como recuperar os conhecimentos dos que não tiveram acesso ao ensino remoto?

       E como não bastasse, as escolas ainda devem avaliar o quanto o distanciamento social afetou a saúde mental dos alunos e suas famílias. As respostas são diversas e as ações são muitas. Porém, se formos resumir, uma das ações mais importantes é a educação emocional na escola. O ensino da gestão das emoções visando ao aprendizado de como lidar com esse momento delicado, pode estruturar e ensinar a comunidade escolar a lidar com os medos.

        A escola deve aprender e ensinar os professores, alunos e famílias a lidarem com a angústia do desafio das novas práticas e relações, onde o ensino remoto, por exemplo, é uma das importantes ferramentas do momento. Porém, muitas crianças e adolescentes estão se sentindo sozinhas e muitos deles não têm irmãos nem acesso à internet, fazendo-os perder literalmente o contato com outras pessoas da mesma faixa de idade.  

       Com isso, o espaço escolar é vital para essas milhares de crianças e adolescentes sedentos de relacionamentos sociais. Isso é algo essencial para a sanidade mental e emocional de todos. E para vivenciar essa realidade, a escola precisa se tornar ainda, um espaço de escuta e acolhimento dos problemas de natureza emocional de seu público.

       Apesar disso, o maior desafio são os professores, que diante da pandemia tiveram a saúde mental prejudicada, uma vez que tiveram seus territórios profissionais abalados da noite para o dia. E sem falar também, na saúde mental das famílias. Por isso, o papel da escola torna-se ainda mais especial. O papel de aglutinar para unir forças.

       É preciso que todos tenhamos a consciência que existe um luto social para assim, pensar e planejar o futuro da escola, onde o acolhimento emocional será a maior ação pedagógica nesses próximos meses.

Pensando nos educadores, a Ludis criou um curso de Educação Emocional para Educadores. O curso tem como objetivo trabalhar a educação emocional dos educadores através de um curso prático e teórico totalmente online, com uso de apostilas, exercícios de autoconhecimento, vídeos de relaxamento e mindfulness, como também, rodas de conversas virtuais (lives) num grupo fechado para troca de experiência e orientação.

Para maiores informações, acesse o nosso menu LOJA.

Além disso, preparamos um super ebook de volta às aulas no intuito de ajudar as escolas e os professores a se prepararem para este retorno. Ebook – Um Novo Mundo e as Emoções na Escola – com ideias e ações para minimizar as consequência da pandemia neste retorno. O download é gratuito e ilimitado.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Copyright ©2020 Todos os direitos reservados by Ludis Editora – CNPJ: 04.059.270/0001-29 

Open chat